EUCARISTIA - O ALIMENTO E A PALAVRA

Ghislain Lafont
FONS SAPIENTIAE

49,90

Estoque: 100+

Pelo que nos interessamos ao longo de nossos dias, de nossas noites? A alimentação, o trabalho, a sexualidade, a morte. É disso que vivemos, é disso que falamos entre nós ao contarmos nossas histórias. São essas coisas e essas palavras que nos servem também para evocar o indizível: um estado que é, a um só tempo, desejado e desconhecido, e que será uma celebração de imortalidade, fonte da juventude, descanso pleno, união mística, vida sem fim... Ora, se lermos as narrativas e os poemas da Sagrad a Escritura, se vivermos a liturgia com esses símbolos no coração e na memória, ficaremos surpresos de os encontrar a cada página, e a sua meditação renova o entendimento do texto sagrado. A Eucaristia supõe, de fato, o uso da palavra, especialmente em suas modalidades de invocação (oração) e memória (narrativa), e o uso dos alimentos (pão e vinho) referidos ao evento da morte e da ressurreição de Jesus de Nazaré. Quanto ao fruto espiritual e humano esperado da celebração do rito, ele se exprime claramente no registro simbólico da união, ou seja, da conjugal idade e pretende, ademais, por esses meios, chegar aos cumes espirituais visados pela sabedoria. Tais observações justificam o propósito do presente livro: considerar a Eucaristia a par tir desses grandes símbolos de que tanto se ocuparam as ciências humanas na segunda metade do século XX. Dessa releitura, podemos esperar que as "coisas antigas" aparecem em um "novo esplendor", o de Deus e o do ser humano.